domingo, 23 de abril de 2017

THUNDER

eu lembro como se fosse hoje
do dia que disse quero te beijar
e você daqui a pouco daqui a pouco um minuto 
e eu perguntando agora pode agora pode
espera só mais um pouquinho deixa
eu me preparar eu insistindo fiquei
na dúvida você queria ou não raios
era do jogo ou só outra roleta russa
aí pareceu que do nada você me deu um beijo
deu um beijo bem na boca e segurou minha mão e 
meu corpo virou o lugar mais feliz do mundo
pelo menos por alguns dias
algumas horas tempo que às vezes
volta na minha cabeça o dia que eu trovejei
depois só ficou nessa minha cabeça
cheia de memória uma fumaça
esse caderno de poesia
que vos fala e uma sucessão de dias
que você era um militar de guerra prestes
a cruzar o país e eu ainda meio sem entender
entretida contando quantas cores azuis tinham
dentro do seu olho maldoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário