domingo, 21 de junho de 2015

OBRA

faz um trato:
acordado, promete às chances
que se dará
de presente

promete à esperança
que dançará
a última dança

promete ao trabalho
que cansaço
é alegria

promete ao futuro
que o passado
é  só  qualquer dia

promete
mas mete antes
teus afagos
na frente dos “ois”

se for de rezar, reza
mas prometa a ti primeiro

e adeus depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário