segunda-feira, 29 de setembro de 2014

ISSO POUCO TEM A VER COM ANIVERSÁRIO

o caos
a de
sordem
a graça
que ri e chora
em cetim
verde bandeira

diz que 
sim e vai
embora
amor maior
meu anti-melhor

reflexo
Débora, minha Débora
é paixão que rasga

e dilacera
os limites do céu 
e do corpo
o copo meio
cheio de sonho meio
vazio de pão

ó, Débora,
tão Débora
meu ébano
melhor abóbora

abóbada
da década

antes dos primeiros homens existia Adão
e Débora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário